Meditação para auxiliar a concentração

Você tenta se concentrar, mas sua mente não para de trazer pensamentos paralelos? Sua mente anda muito dispersa, sem foco?

A meditação é uma técnica milenar com diversos benefícios, sendo uma prática simples que pode ser bastante benéfica para a concentração na produtividade. Para entendê-la, é preciso experienciá-la. É como conhecer sabor de uma laranja: só é possível saber exatamente o gosto ao saboreá-la.

Assim como cada parte do corpo tem a sua função, a mente não é diferente, sendo responsável por produzir pensamentos, sem parar. A meditação é uma atividade de autoconsciência, que nos permite entrar em contato consigo, desacelerando a mente e deixando os pensamentos passarem, sejam bons ou ruins, sem julgamento. A meditação não necessita que se sente no chão com as pernas cruzadas, podendo ser feita sentado ou até caminhando.

meditacaoA meditação auxilia na concentração para a produtividade, deixando a mente mais tranquila para poder se concentrar melhor nas tarefas. Imagem de Moyan Brenn, sob a licença Attribution 2.0 Generic (CC BY 2.0). https://creativecommons.org/licenses/by/2.0/

Por muitas vezes, ao tentarmos nos concentrar, qualquer mínima distração já pode ser suficientemente para perdermos o foco. Pode ser até uma vontade mínima de beber água ou ter o apetite de comer algum lanche. Quanto mais a mente for agitada, mais a meditação poderá ajudar a ter uma melhor produtividade, ao menos pelo fato de aumentar sua capacidade de resistir impulsos de distração.

Os benefícios da meditação

Os benefícios da meditação são diversos. Emma M. Seppälä (2013), doutora em psicologia, listou 20 razões científicas para começar a meditar “hoje”, mostrando que novas pesquisas sobre que a meditação impulsiona sua saúde, felicidade e sucesso.

Indo mais além ainda, Giovanni Dienstmann, um geek da meditação, sumarizou mais de 100 descobertas científicas sobre meditação e categorizou-as em 76 benefícios. Dentre esses diversos benefícios descobertos em pesquisas científicas, os mais relacionados à produvidade são:

  • Aumento do foco, da concentração;
  • Melhoria em estar mais atento e em ignorar distrações;
  • Aumento da retenção de memória e da lembrança delas;
  • Melhores habilidades cognitivas e pensamento criativo;
  • Melhor tomada de decisão e solucionamento de problemas;
  • Melhor processamento de informações;
  • Melhoria da saúde mental, cerebral e corporal.
  • Melhoria do bem-estar.

Você pode meditar em qualquer lugar e em qualquer horário do seu dia, basta ter a intenção, pois meditar não precisa de requisitos especiais nem de um longo tempo. Caso sua mente esteja muito agitada antes de produzir alguma tarefa, você pode meditar, mesmo que rapidamente. Assim, sua mente estará um pouco mais calma para ter foco na tarefa.

Meditando por um minuto

Para quem nunca meditou, um minuto de meditação pode ajudar bastante. Um dia possui 1.440 minutos. Gastar um minuto do seu dia é algo que pode ser muito benéfico, e vai treinando a mente para meditar por mais tempo.

Como meditar por um minuto?

  • Medite onde estiver no momento, confortavelmente.
  • Fique sentado com a coluna reta.
  • Cronometre um alarme para despertar em um minuto.
  • Feche os olhos.
  • Preste atenção em sua respiração.
  • Deixe os pensamentos que surgirem irem embora naturalmente, para isso aceite-os e não os julgue-os como bons ou ruins.
  • Caso não consiga se concentrar, imagine que você está sentado na beira de um rio e está vendo seus pensamentos passarem calmamente pelo rio em forma de folhas. De uma outra forma, imagine que seus pensamentos são bolhas de sabão, e essas bolhas de sabão sobem pelo ar e estouram calmamente.

Lembro de quando comecei a meditar: um minuto parecia uma eternidade. Em apenas um minuto, descobri a quantidade e intensidade de pensamentos que a minha mente produzia. É fantástico perceber isto.

Na verdade, a mente produz pensamentos sem parar o dia todo, entretanto apenas quando paramos que os percebemos. O que acontece com a meditação é que a mente aprende a se acalmar, pouco a pouco. É um treino para o cérebro e para a mente, e meditar por mais de um minuto vai se tornando mais fácil.

Meditação Zen

Dentre os diversos tipos de meditação, o requisito-chave é ter a intenção para a prática. Uma das formas mais simples de meditação é o Zazen, uma meditação Zen budista. O “za” significa sentar-se e “zen” seria um estado meditativo profundo. Essa meditação não possui um objeto ou entidade para direcionar a meditação. Tudo o que é preciso é apenas ser, mergulhar dentro de si no estado meditativo profundo.

Dicas para o Zazen

  • Antes de começar, decida por quanto tempo você vai meditar. Se for sua primeira vez, comece meditando de 1 a 3 minutos. Pode parecer pouco, mas para quem medita pela primeira vez pode já ser bastante.
  • Mantenha uma regularidade. É preferível que a meditação seja frequente e regular, algumas vezes por semana num período curto (5 minutos), a ser apenas uma vez por semana em um período longo (40 minutos). Ou seja, é melhor meditar 5 minutos em 3 dias por semana, a meditar 40 minutos de uma só vez.
  • Aumente o tempo pouco a pouco. Comece com um período curto e vá aumentando aos poucos. Tente manter ao máximo o mesmo período para criar um hábito.
  • Há duas formas simples para meditar: uma sentado na posição tradicional de meditação com as pernas cruzadas e a outra posição sentado em uma cadeira. A ideia central é estar confortável para que o corpo não chame sua atenção e permita você se concentrar.
  • As pernas podem ficar cruzadas na forma de lótus (os dois pés acima das coxas), na forma de meio lótus (um pé acima da coxa e o outro ao lado) ou na forma birmanesa (os dois pés ao lado das coxas).
  • Para sentar-se no chão, sente-se em uma almofada, um travesseiro ou um cobertor dobrado. A almofada específica para o Zazen chama-se zafu, e utiliza-se um tapete chamado zabuton.
  • Mantenha a coluna reta, de um modo que não encoste suas costas na cadeira caso esteja sentado.
  • Alinhe seu queixo na linha horizontal do chão.
  • Deixe seus ombros e braços relaxados.
  • Coloque suas mãos um pouco abaixo do umbigo, com sua mão direita embaixo da esquerda, as palmas viradas para cima e os dedões levemente se encostando.
  • Deixe os olhos semiabertos, olhando para o chão a um ângulo de 45 graus.
  • Faça a contagem com respirações: um – inspiração, dois – respiração, três – inspiração, quatro – respiração, cinco – inspiração, seis – respiração, sete – inspiração, oito – respiração, nove – inspiração, dez – respiração. Ao chegar no dez, volte a contar o um. Repetidamente.
  • Toda vez que notar que perdeu a contagem ou notar que sua mente foi para outro lugar, reinicie a contagem.
  • Coloque um alarme para informar que o tempo de meditação foi finalizado. Normalmente, a duração será entre 1 a 20 minutos.

Ferramentas para auxiliar na meditação

Para meditação, você pode utilizar as ferramentas:

One-Moment Meditation

App para mobile, para meditar em um minuto.
http://www.onemomentmeditation.com/

Insight Timer

App para mobile, possui um timer específico, um lembrete diário para meditação, além do histórico de meditação, pontuação a cada dia dela, em uma comunidade mundial de meditação.
https://www.insighttimer.com/

Sattva

App para mobile e web. Possui um guia para meditação, além de meditações guiadas por um áudio.
https://www.sattva.life/apps

Online Meditation Timer

Web. Pode ser utilizada como um timer para ela.
http://www.onlinemeditationtimer.com/

Agora que você conhece mais sobre meditação,
que tal começar agora?

Foco!!!
— Dionatan Moura

Anúncios