Definindo metas para alcançar objetivos

Suas tarefas estão alinhadas com objetivos e metas definidos? Por acaso já realizou tarefas sem uma direção, sem saber se a tarefa estava alinhada com suas próprias expectativas? Sem ter certeza se o que foi feito era realmente importante?

A direção do barco à vela representa a meta, e a navegação do barco em alto mar representa a produtividade. Imagem de Ashley Coates, sob a licença Attribution-ShareAlike 2.0 Generic (CC BY-SA 2.0). Adaptado de: https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/. {w=80%}
A direção do barco à vela representa a meta, e a navegação do barco em alto mar representa a produtividade. Imagem de Ashley Coates, sob a licença Attribution-ShareAlike 2.0 Generic (CC BY-SA 2.0).

Imagine-se em um barco à vela em alto mar, como nessa figura. Você é o comandante do barco. O vento está soprando para uma direção. Você sabe o destino? Adiantaria aumentar a velocidade do barco se não se sabe para aonde vai? A distância da viagem é conhecida? Existe algum prazo de chegada? Você sabe onde o barco está no momento?

Para termos produtividade, precisamos conhecer claramente os objetivos e metas a serem alcançados. A produtividade é a força que vai te levar até suas metas, completando seus objetivos. Sem metas, de nada adianta ter uma boa produtividade. Uma meta registra o que você deseja alcançar, além de como e quando chegar lá de uma forma realista. Tendo a meta bem definida, a produtividade surge junto à motivação.

Para definir uma meta, é preciso pensar quais são os resultados esperados, e quais são as evidências que indicarão que você chegou em sua meta. Por exemplo, se um de seus objetivos de vida é passar em um concurso, uma de suas metas será estudar todo o edital de um concurso específico. O resultado esperado é de que você conseguiu estudar todo o conteúdo, e as evidências são os bons resultados dos exercícios e simulados que você está realizando.

Criando metas

Você pode criar quantas metas desejar. Para cada meta, siga as dicas a seguir.

  1. Defina os objetivos desejados, sejam estes de vida, de trabalho ou de estudos. Um objetivo é abrangente e pode possuir diversas metas. Por exemplo, um objetivo pode ser o de ter maior estabilidade econômica na vida.
  2. Para cada objetivo, defina as metas de uma forma clara. Uma meta deve possuir quantidades e um prazo. Por exemplo, para o objetivo de ter uma maior estabilidade econômica, as metas podem ser de concluir a faculdade em até dois anos, ser mais produtivo no trabalho para ganhar uma promoção em um ano, criar um controle financeiro de gastos mensais em até dois meses.
  3. Descreva quais são os resultados esperados de cada meta. Você pode definir metas de curto, médio ou longo prazo. De curto prazo, como para um mês, uma semana ou um dia; de médio prazo, como de um trimestre a um ano; e de longo prazo, como cinco ou dez anos.
  4. Priorize apenas uma meta por vez. De preferência, priorize uma meta menor que faça parte de outras metas maiores. Deste modo, uma meta após a outra, acontecerá o que o autor do livro A única coisa chama de efeito dominó (KELLER, 2014), em que uma meta vai impulsionando a próxima.
  5. Formule a meta de forma positiva, não negativa. Por exemplo: “Eu me formar na faculdade até ano que vem” (forma positiva) em vez de “Eu não rodar em nenhuma disciplina até o final da faculdade” (forma negativa).
  6. Formule a meta de forma direta. Evite palavras indecisas tais como “tentar”, “talvez” ou “um dia”.
  7. Quantifique sua meta, informando quantidades e prazo de até quando você deseja que ela seja realizada.
  8. Estabeleça uma forma de feedback para saber se está no caminho de sua meta.
  9. Sua meta pode ser dividida em diversas tarefas. Utilize as outras técnicas descritas neste capítulo para gerenciar suas tarefas em um backlog, priorizando e dimensionando cada tarefa.
  10. Caso a meta seja muito grande, complexa ou longa, você pode dividir sua meta em submetas.
  11. Quando a meta for muito grande, uma estratégia interessante é utilizar a meta de 1%, ou seja, você divide sua meta em 100 submetas iguais.
  12. Revise se a meta segue as qualidades descritas no acrônimo SMART: S (específica, bem definida), M (mensurável, quantificada), A (alcançável, desafiadora), R (relevante para você) e T (temporal, que tenha um prazo).

Exemplos de metas

Seguem alguns exemplos de metas para objetivos de crescimento educacional:

  • Escrever o trabalho de conclusão da faculdade em seis meses.
  • Ingressar na especialização em negócios até o ano que vem.
  • Fazer um curso de inglês no exterior no ano que vem.
  • Estudar, revisar e fazer exercícios sobre todo o edital do concurso até a data da prova.
  • Preparar e escrever a dissertação de mestrado em nove meses.

Escreva agora suas metas

Escreva as suas metas, independentemente de para quando elas serão. Não as deixe apenas na memória. Escrever, seja no papel ou em meio digital, aumenta a chance de lembrá-las e realizá-las. Aproveite este momento e comece agora a escrever as que você já tem, além das que gostaria e que precisa atingir, seja na próxima semana, no próximo mês, no próximo semestre, no próximo ano ou mais além.

O template a seguir pode ser utilizado para N metas, sendo N o número de metas:

  • Objetivo: (escreva aqui seu objetivo)
  • Meta 1: (escreva aqui a primeira meta)
  • Meta 2: (escreva aqui a segunda meta)
  • Meta 3: (escreva aqui a terceira meta)
  • Meta …: (escreva uma linha para cada meta)
  • Meta N: (escreva aqui a enésima meta)

Veja também o template de objetivos e metas para download.