Mantendo o foco com músicas produtivas

As interrupções por ruídos e barulhos interrompem a sua produtividade? Realizar tarefas em silêncio lhe dá sono? Você se distrai e se dispersa por ouvir pessoas conversando por perto?

Esta técnica é simples, e une o útil ao agradável. Útil por poder manter o foco na produtividade, e agradável por ouvir música.

Ouvir música situa a pessoa em um estado produtivo, pois, além de melhorar normalmente o humor, evita distrações de ruídos do ambiente e de pessoas conversando, seja de colegas de aula ou de trabalho, de familiares ou de sons externos. É preciso saber escolher bem o tipo de música, porque a música pode também distraí-lo.

A música auxilia na concentração da realização das tarefas, evitando distrações. Imagem sob a licença CC0 1.0 Universal (CC0 1.0)

Por trabalhar desenvolvendo software, preciso ter concentração quando estou pensando ou criando uma solução no sistema. Criei o hábito de ouvir música para codificar software de computador, isso desde quando estava começando a aprender a codificar software em 2004.

Programadores não apenas gostam de ouvir música quando estão criando código ou pesquisando um problema no software: eles realmente precisam ouvir música com fones de ouvido para não se distrair com conversas ou ruídos do ambiente de trabalho. Além do mais, estar usando fones de ouvido é uma forma de comunicar para seus colegas que não te interrompam por motivos sem importância.

Assim como muitas outras atividades, como realizar o fechamento contábil do mês, revisar um contrato ou ler uma redação, codificar é uma atividade que precisa de concentração, e algumas distrações e interrupções podem deixar as tarefas com bastante atraso ou com problemas. Assim permaneço até hoje, com o hábito de ouvir música, seja escrevendo código do software, ou escrevendo o texto deste livro (neste exato momento, estou ouvindo Johann Sebastian Bach).

Que tipo de música ouvir?

A música erudita abrange a música clássica e a barroca. É a melhor opção pois possui harmonia em sua melodia e comumente não possuem letra e voz. Alguns dos principais compositores são Johann Sebastian Bach, Ludwig van Beethoven, Wolfgang Amadeus Mozart, Antonio Vivaldi, Giuseppe Verdi, Georg Friedrich Händel, Frédéric Chopin.

Ouvindo essas músicas, é possível atingir o estado de relaxamento alerta, que significa estar com a mente focada por causa do som, sem perder a atenção. Além disso, existe o chamado Efeito Mozart (do inglês The Mozart effect), que é o que acontece ao ouvir Mozart: o aumento do desempenho no raciocínio espacial-temporal por 10 minutos (JENKINS, 2001).

Além da música erudita (clássica, barroca), você pode experimentar ouvir outros tipos de música para ver se sua produtividade melhora, tais como:

  • Sons da natureza, de ondas do oceano, de rios, de pássaros cantando, da chuva.
  • Músicas instrumentais e trilhas sonoras de filmes (soundtracks).
  • Músicas animadas e alegres. Apenas cuide para não se distrair.
  • Mantras, que podem ajudar a elevar o estado consciente, e por consequência a produtividade.
  • Rock internacional, músicas eletrônica ou diversos outros estilos musicais. Entenda que não é apenas questão de gostar da música, mas de também ser produtivo.

Dicas para manter o foco com a música

  • Crie playlists de músicas, ou então separe as músicas em pastas no computador, assim não é preciso ficar buscando música por música. Você pode criar listas curtas associadas com pomodoros (25 minutos) ou chunking (10 a 60 minutos). Com Flowtime, você precisará de uma playlist um pouco mais longa.
  • No caso de pomodoros, existe o Songdoro, ideia criada pelo Daniel Wildt. Um songdoro é formado por um pomodoro e uma playlist de power songs (músicas energéticas). A playlist é o que marca o tempo de produção, no lugar de um timer (temporizador) para marcar o tempo (WILDT, 2013).
  • Evite ouvir músicas cantadas com seu idioma ou com o idioma que você conhece bem, pois dispersarão sua atenção.
  • Caso esteja com uma boa energia e descansado, procure ouvir músicas mais calmas.
  • Caso esteja com pouca energia e cansado, procure ouvir músicas mais agitadas. Caso tenha tempo, busque tirar um cochilo (veja sobre Power Naps ainda neste capítulo na seção Dormir bem)
  • Varie os estilos musicais. No meu caso, gosto de variar dependendo do ambiente e do horário. Pela manhã, prefiro ler ou escrever ouvindo músicas calmas (música erudita, clássica, barroca, sons da natureza) em um volume baixo, ou então ficar em silêncio sem música. À tarde, gosto de ouvir músicas mais agitadas, tal como rock internacional. À noite, varia bastante, dependendo se estou descansado ou não.
  • Fique atento ao ouvir rádio, pois há diálogos e propagandas que vão tentar chamar o máximo de sua atenção.
  • Quando estiver com bastante energia e descansado, experimente também fazer suas tarefas em silêncio, sem ouvir música. Use a quietude para produzir.

Na internet, você pode ouvir música clássica nas rádios onlines KDFC (http://www.kdfc.com/), KUSC (http://www.kusc.org/) e MRP (http://www.classicalmpr.org/). Veja também uma lista de músicas aqui.