Técnica Flowtime, otimizando seu foco

Ao realizar algum pomodoro ou chunking, o tempo acabou quando você estava ainda com foco produtivo na tarefa?

Por muitas vezes, estamos no pico máximo da produtividade ao final do tempo do pomodoro ou chunking, então o tempo acaba e precisamos fazer uma pausa. O que acontece é que dessa forma desperdiçamos o alto nível de foco, concentração e atenção. Precisamos de uma maior flexibilidade no período de produtividade, em que se aproveite ao máximo o custo/benefício do tempo, energia e concentração. A técnica de Flowtime é orientada ao foco e resolve esse problema.

Flowtime# O que é o Flowtime?

Flowtime é o período de alto foco para produzir algo no estado de Flow (Fluxo), que é o momento de produtividade máxima em que se utiliza a maior capacidade e maior energia para realizar uma tarefa desafiadora, possuindo as habilidades necessárias (CSIKSZENTMIHALYI 2008).

flowtimeUm flowtime tem duração de 10 a 90 minutos, e pode ser estendido de acordo com seu foco. Quando o período previsto acabar e você ainda estiver com o foco num nível alto e produtivo, deve-se continuar produzindo. Apenas cronometre mais tempo e siga seu estado de produtividade. Já quando estiver com um “foco” improdutivo (ou seja, com pouco foco), pare e faça uma pausa por um tempo proporcional ao período que você produziu. Por exemplo, caso você tenha feito um flowtime de 30+10+10, você produziu por 50 minutos ao total. Visto que seu foco diminuiu, agora você pode fazer uma pausa de 5 a 20 minutos, ou mais. Você saberá quanto tempo aproximadamente precisa para voltar a ter foco num nível alto e produtivo. A pausa é bastante recomendada para que se restabeleça o foco num nível produtivo.

Realizando o Flowtime

  • Um flowtime tem duração de 10 a 90 minutos, podendo ser estendido gradualmente;
  • Além da disponibilidade de tempo, também leve em consideração o contexto de suas tarefas e o seu nível de energia;
  • Caso acabe o período e ainda esteja com foco alto e produtivo, cronometre mais tempo no alarme e continue produzindo;
  • A quantidade de tempo extra vai depender da sua disponibilidade. É aconselhado não colocar um tempo muito longo. O tempo extra padrão é que esteja entre 20% a 80% do tempo do período inicial, entretanto isso dependerá do seu foco. Por exemplo, fazendo um flowtime de 40 minutos, se seu foco ainda estiver produtivo, adicione mais 15 minutos. Então, ao acabar os 15 minutos e notar que seu foco está ficando improdutivo, pare o flowtime e faça uma pausa.
  • A pausa pode ter a duração proporcional de 10% a 50% do tempo total do flowtime, dependerá do tempo necessário para restabelecer o foco.
  • Busque e mantenha seu estado de flow. O cronômetro será o seu guia, ao tocar o alarme, ele lhe lembrará do momento de refletir se é melhor continuar ou parar.
  • Caso seu foco esteja num nível médio ou baixo, pare com o flowtime e faça uma pausa. Quanto menor o foco, maior a pausa que você precisará fazer. A pausa serve para reestabelecer seu foco.
  • Evite ao máximo qualquer tipo de interrupção ou distração. Desligue a internet do celular e deixe-o no silencioso, feche os programas de conversação no computador, desligue a televisão, não fique conversando com seu colega. Adapte seu ambiente produtivo para ter o máximo de foco.
  • Durante o flowtime, caso note que está perdendo o foco, tente restabelecer o foco. Se no momento não for possível voltar ao foco, pare com sua tarefa e faça uma pausa.
  • Quando estiver cansado, faça flowtimes curtos, pois não adianta forçar a produtividade quando se está com pouca energia.
  • Para medir seu foco você pode utilizar uma escala de 0 a 10. O foco estará num nível alto caso esteja em níveis 7 a 10 (siga no flowtime), médio entre 4 e 6 (atenção ao seguir o flowtime), e baixo entre 0 e 3 (pare com o flowtime).
  • Para saber o tempo de um flowtime, faça a pergunta a si próprio: “qual o tempo máximo que eu conseguirei ter foco nessa tarefa?”

Exemplo de um Flowtime

Por exemplo, você verifica que é possível realizar um flowtime de 40 minutos para realizar algumas tarefas. Quando acaba o tempo, e você nota que ainda está com foco, então agenda mais um tempo no cronômetro, de 15 minutos. Ao acabar os 15 minutos, você nota que ainda tem um foco produtivo, então cronometra o alarme por mais 15 minutos. Estes 15 minutos acabam e você nova que já está perdendo o foco, pelo fato de ter ficado cansado. Então é o momento de fazer uma pausa por alguns minutos. Visto que você fez 70 minutos (40+15+15), agora você pode fazer uma pausa de 10 a 25 minutos, o tempo necessário para voltar a ter foco. A essência está em continuar no flowtime somente enquanto estiver num bom estado de produtividade.

Para cronometrar os flowtimes, você pode utilizar o contador regressivo com alarme no celular. Na web, uma ótima ferramenta gratuita é a E.gg Timer em http://e.ggtimer.com/45min. Veja que esse link aceita personalizar o tempo, por exemplo, http://e.ggtimer.com/40min para 40 minutos.

Foco!