Técnica Pomodoro, um método simples e poderoso para ter foco

Como tornar o tempo o seu amigo? Você trabalha ou estuda sem parar por horas, e mesmo assim se sente sem foco? Parece que as coisas não vão para a frente? Suas distrações andam consumindo a maior parte do seu tempo? Você deixa tarefas importantes para depois?

A técnica Pomodoro, desenvolvida em 1980 por Francesco Cirillo, é um método simples e poderoso para ter foco, gerenciando o tempo de um modo efetivo.

pomodoro

Pomodoro é o nome do período de tempo com duração de 25 minutos no qual se realiza somente uma tarefa por vez, evitando ao máximo todo e qualquer tipo de distração e interferência. A cada pomodoro realizado, você faz uma pausa curta de até 5 minutos. A cada quatro pomodoros, você faz uma pausa longa de até 30 minutos.

Aplicando pomodoros

Dica! Use Pomodoro principalmente quando se tem pouco foco, e a procrastinação é forte e constante.

Para aplicar a técnica Pomodoro, siga as instruções a seguir:

  • Antes de começar o pomodoro, procure ao máximo possível não ter interrupções. Coloque seu celular no silencioso e desligue a internet dele, feche os aplicativos de e-mail e de conversação no computador, desligue a televisão ou o que mais puder interromper seu foco e sua atenção.
  • Comece um pomodoro com uma duração exata de 25 minutos.
  • Utilize um alarme para ter foco total na atividade e não precisar verificar o tempo no relógio. A maioria dos celulares possui aplicativos de contagem de tempo e alarme. Diversos websites oferecem essas funcionalidades, e você pode vê-los no box mais à frente.
  • Trabalhe na tarefa até quando o pomodoro acabar. Se a tarefa acabar durante esse pomodoro, prossiga nele pegando a próxima tarefa.
  • A cada pomodoro realizado, você faz uma pausa curta de 3 a 5 minutos (você escolhe).
  • A cada 4 pomodoros, você faz uma pausa mais longa, de 15 a 30 minutos (você escolhe).
  • A quantidade de pomodoros é ilimitada, ou seja, você pode realizar quantos pomodoros forem necessários.
  • Durante o pomodoro, caso você lembre que precisa fazer algo não relacionado à tarefa atual, anote isso e continue na tarefa.
  • Para ver seu progresso, você pode anotar cada pomodoro e cada tarefa realizada ao longo do tempo.

Dicas para realizar bons pomodoros

  • Sua produtividade pode ser medida na quantidade de pomodoros que são realizados por dia. Desse modo, você poderá planejar quantos pomodoros poderá realizar ao dia, além de se motivar com a produtividade.
  • Tenha foco durante cada pomodoro. Interrupções internas e externas sempre existirão, então tente ao máximo evitá-las. Não leia e-mails, não abra redes sociais e não olhe o celular, exceto quando isso fazer parte da tarefa. Espere um pouco até a chegada do intervalo entre pomodoros para isso.
  • Você notará que muitas interrupções não urgentes poderão aguardar até o final de cada pomodoro, ou até mais tempo ainda.
  • Sua mente estará sempre buscando por algo, e isso muitas vezes é apenas uma boa desculpa para procrastinar. Apenas siga em seu pomodoro.
  • Utilize os intervalos de pausa. Eles vão se tornando mais necessários a cada pomodoro realizado no dia. Não acumule cansaço físico ou mental. Cuide da sua energia.
  • Aproveite os intervalos de pausa para se alimentar, respirar profundamente algumas vezes, ir ao banheiro, se levantar da cadeira, se espreguiçar, se alongar ou meditar. É a sua recompensa por ter cumprido um pomodoro completo 🙂
  • Melhore continuamente a qualidade de seus pomodoros. Ao final do dia, reflita quantos pomodoros você conseguiu fazer e qual foi a qualidade do foco neles. Use essa reflexão para melhorar a técnica e diminuir interrupções.
  • Anote todas as tarefas a serem feitas que você se lembra, não precisando mais se relembrar o que deve ser feito.
  • Caso esteja sem motivação e sem foco, comece apenas com um pomodoro para realizar uma tarefa fácil, simples e/ou rápida para começar. Essa tarefa vai ajudar a trazer a recompensa de ter realizado algo, gerando motivação e mais foco para os próximos pomodoros.

Exemplo do uso pomodoros

Toda vez que preciso de um foco imediato, uso um pomodoro para começar logo. O primeiro pomodoro já quebra a procrastinação e me dá uma sensação de progresso, que me faz ter mais motivação para seguir nos próximos.

Utilizo o timer do meu celular para contar os 25 minutos, e então tocar o alarme. Normalmente, as tarefas que realizo com pomodoro duram mais que 25 minutos, então uso alguns pomodoros para cada tarefa e faço as pausas curtas.

Eu já realizei centenas de pomodoros. Fiz a maior parte do meu trabalho de conclusão da faculdade e da dissertação de mestrado utilizando esta técnica. Realmente foram muitos pomodoros. Até hoje utilizo a técnica, especialmente quando preciso restabelecer meu foco nas tarefas. É simples começar.

Aplicativos Web para Pomodoros

Para cronometrar os pomodoros, você pode utilizar as ótimas ferramentas gratuitas na web, que são:

O que fazer quando Pomodoro não ajuda mais?

Por muitas vezes, ao acabar os 25 minutos, notamos que estamos motivados, com alto foco, e precisamos fazer a pausa curta de 3 a 5 minutos. Porém, estamos rendendo bem com um alto foco! Por que parar?

É para isso que existem as outras duas técnicas do Mantra da Produtividade, o livro que estou lançando pela editora Casa do Código. A primeira técnica se chama Chunking, criada em 2015 pelo Jurgen Appelo, criador do Management 3.0. É uma extensão ao Pomodoro. Em vez de 25 minutos, você pode escolher de 10 a 60 minutos. A outra técnica se chama Flowtime, de minha criação, a qual você escolhe o tempo de 10 a 90 minutos. Porém, quando o flowtime acabar, você se questiona se ainda tem foco suficiente para seguir em frente. Para saber mais sobre o Flowtime, acesse a página do Mantra da Produtividade

Foco!!

Anúncios